MW
..:: Mysterious Ways ::... <body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d6566385359800265088\x26blogName\x3d.+:+:+Mysterious+Ways+:+:+.\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dBLACK\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://mysteriousfeelings.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_BR\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://mysteriousfeelings.blogspot.com/\x26vt\x3d735611342168053576', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>
terça-feira, junho 07, 2011


A liberdade

Quando se fica muito tempo aprisionado e finalmente se tem a oportunidade de experimentar o sabor da liberdade, isso parece muito estranho.

A sensação deve ser a mesma de um pássaro que passou muitos anos dentro de uma gaiola. Fica completamente perdido ao sair dela, o ar parece diferente e o mundo parece muito maior visto de fora do que quando se observava lá de dentro. Muito medo.

Mas logo percebe que isso é o melhor e que logo ele vai se acostumar . Promete a si mesmo que nunca mais vai se permitir aprisionar.


Novos tempos. Coragem, coragem.

Por Mysterious às 16:25 | Com Blogger 1 | |


terça-feira, março 15, 2011


Complexidade, inexplicável.

Infelizmente, as histórias e dramas, não podem ser contados, muito menos, revelados.

São fatos complexos demais e incompreensíveis demais. Inexplicáveis. Casos para análise.

Agora, não entende como pôde ter se envolvido tanto, e pior, não tem vontade de sair disso tudo, mesmo que isso ou aquilo lhe ofereça certa aflição e talvez alguma dor no próprio coração.

Por enquanto, tem sabido lidar com tudo isso, mas não sabe por quanto tempo. Há a existência do medo de surtar e de entrar num grande colapso. Provável colapso.

No fundo, no fundo, sabe a origem, sabe a causa, mas prefere fingir que não sabe. Menos doloroso.

Por Mysterious às 22:29 | Com Blogger 3 | |


quinta-feira, dezembro 30, 2010


Minhas unhas vermelhas

Eu tô cansada de ser a guria boazinha. Tô um pouco revoltada... Por isso e por aquilo. Vou fazer tudo tudo tudo que sempre tive vontade, mas que por algum motivo não fiz.

É bom estar de férias. É bom ficar sem fazer nada. Ser útil todo o tempo, estar ocupada com duas mil coisas, tem que responder por isso e por aquilo, faz pirar.

A vida sem ter nada pra fazer também é boa.

Ainda vou fazer um post sobre ter pernas finas e usar shorts, eu não sou uma grande escritora nem uma autora importante de livros, portanto, os assuntos que me restam para escrever são do tipo inúteis mesmo, eu não quero ser útil o tempo todo, pelo menos por enquanto.

Viva a vagabundagem!

Por Mysterious às 18:47 | Com Blogger 0 | |


quarta-feira, dezembro 29, 2010


Perna fina

No meu blog, não há dicas para quem quer usar shorts e tem pernas finas.

Um dia posso postar sobre isso.

Por Mysterious às 11:20 | Com Blogger 0 | |


quarta-feira, novembro 10, 2010


Esse mundo aqui

E eu gosto muito daqui e de escrever aqui e de desabafar aqui.
Isso aqui, é o meu mundo onde tudo que não é real, se torna real.

É uma pena que eu não possa estar aqui toda hora, que eu não possa mais visitar com a frequência que eu gostaria, blogs de pessoas que antes eram desconhecidas e agora posso chamar de amigos.

Muito triste estar com muitas palavras acumuladas que se juntam na minha cabeça a todo instante, formando pensamentos, opiniões, idéias, e que eu não tenha tempo para expor tudo isso aqui ,nesse mundo que eu amo tanto.

Por outro lado, o motivo que toma meu tempo e me impede de estar aqui, é algo que está me completando e me fazendo muito feliz.

Mas hoje, depois do comentário de um blogueiro misterioso que eu gosto muito, dei um jeito de arranjar uns minutos, e dizer bem forte que :

EU ESTOU COM SAUDADES DE TODOS !

Um beijo no coração de vocês.

Mysterious Ways

Por Mysterious às 01:03 | Com Blogger 1 | |


quarta-feira, setembro 22, 2010


Saudade

Saudade
da tua boca
do teu beijo
do teu cheiro
do teu riso
da sua mão
do teu cabelo
de você,
inteiro

Por Mysterious às 17:10 | Com Blogger 1 | |


sexta-feira, abril 23, 2010


Assim, bem assim

Simples e complicado. Pode ser que a hora certa, o momento certo ainda não tenha chegado. Nem se sabe se ele vai chegar. A vida da gente não pode parar, nem a minha, nem a dele. O importante é que as recordações são boas, que as lembranças, de fato, são inesquecíveis, e que não há arrependimentos. Nem da minha parte, nem da dele, assim espero.

Pode ser que eu tenha fantasiado demais, enfeitado demais, esperado demais, ou quem sabe não, quem sabe tudo que eu achei que fosse, fosse mesmo. Eu não tenho como saber a verdade, ele nunca quis dizer. Nunca disse sim, mas também nunca disse não. Acho que nunca vai dizer.

Eu até entendo. Se ele tinha alguma coisa pra falar e me dizer, a minha vida complicada demais talvez tenha o obrigado a calar.

E tudo isso me prendeu e ainda vai me prender por muito tempo. É o tipo de coisa sem sentido, sem explicação. E daí? Para quem eu tenho que dar explicação? O que importa é que meu coração transborda e isso é coisa minha, só minha.

Eu gosto dessas histórias que ele faz parte, mesmo que sejam incompletas e sem final. Gosto muito de lembrar delas. Eu gosto muito dele. As conversas, as brincadeiras e até as coisas sem sentido que falamos nas vezes que nos encontramos me fazem sentir bem. O tempo parece parar quando isso acontece, ou acontecia, será que vai acontecer de novo?

Eu não sei.

A vida anda muito rápido e tudo muda muito rápido e agora eu não sei como vai ser.

O jeito é ir com calma, um dia de cada vez, um após o outro. Bem devagar. Sem pressa.

Por Mysterious às 09:31 | Com Blogger 1 | |